Menu fechado

JÁ OUVIU FALAR DE VARICOCELE?

A varicocele é uma condição urológica que afeta muitos homens. Ela se caracteriza por veias dilatadas, semelhantes a varizes, dentro do escroto, que é a bolsa de pele que contém os testículos. Embora a varicocele possa ocorrer em qualquer idade, é mais comum em homens jovens e geralmente se desenvolve durante a adolescência. A dilatação das veias pode causar um acúmulo de sangue e aumentar a temperatura dentro do escroto, o que pode afetar a produção de esperma.

As causas precisas da varicocele não são totalmente compreendidas, mas acredita-se que ela ocorra devido a problemas nas válvulas das veias dentro dos cordões espermáticos, que normalmente impedem que o sangue flua na direção errada. A dilatação das veias pode ser influenciada por vários fatores, incluindo:

  • Genética: Ter familiares com varicocele pode aumentar o risco.
  • Anatomia: A anatomia, sobretudo no lado esquerdo torna mais provável o desenvolvimento da condição.
  • Idade: A varicocele é mais comum em jovens, provavelmente devido a mudanças hormonais.

Muitos homens com varicocele não apresentam sintomas visíveis. No entanto, alguns podem experimentar:

  • Dor ou desconforto no escroto: Isso pode ser mais perceptível após ficar em pé ou praticar atividade física.
  • Atrofia testicular: Um testículo afetado pela varicocele pode ser menor que o outro.
  • Problemas de fertilidade: A varicocele pode afetar a qualidade e a produção de esperma, tornando mais difícil a concepção. Eventualmente até diminuição nos níveis de testosterona pode acontecer.

A varicocele é frequentemente associada à infertilidade, pois a dilatação das veias pode elevar a temperatura nos testículos e afetar a produção de esperma. No entanto, nem todos os homens com varicocele experimentam problemas de fertilidade, e muitos têm filhos saudáveis.

Não todos os casos de varicocele requerem tratamento, especialmente se não causar sintomas ou problemas de fertilidade. Se o tratamento for necessário, as opções incluem:

  • Cirurgia: O procedimento cirúrgico mais comum para tratar a varicocele é chamado de ligadura da veias dilatadas, que são amarradas ou fechadas.
  • Tratamento conservador: Para aliviar o desconforto, usar suporte escrotal e evitar posições que aumentem a pressão na região do escroto pode ser útil. Analgésicos também podem ser úteis.

A varicocele é uma condição comum e geralmente não é grave. No entanto, se você tiver preocupações, especialmente relacionadas à dor no escroto ou à fertilidade, é essencial procurar a orientação de um urologista. Eles podem fornecer uma avaliação detalhada e discutir as opções de tratamento adequadas ao seu caso. Lembre-se de que a detecção precoce e o tratamento adequado podem ajudar a prevenir complicações futuras e garantir sua saúde reprodutiva

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *