Menu fechado

GRAVIDEZ: É SORTE OU TEM CIÊNCIA ENVOLVIDA?

Imagem de Freepik

Muitas pessoas ainda acham que gravidez é questão de sorte e que acontece ao acaso mas a verdade é que existe sim uma série de etapas que precisam ser pensadas para se obter êxito nessa jornada.

O taxa de gravidez normal de um casal fértil, sem problemas relacionados a essa questão, gira em torno de 15% ao mês, o que convenhamos é uma chance baixa de sucesso. Nós urologistas que trabalhamos nessa área temos por base sempre aguardar um período mínimo de 12 meses de tentativas regulares para podermos dizer que o casal enfrenta problemas de fertilidade.

O importante é entender o que chamamos de tentativas regulares: todos os meses, no período fértil da mulher é preciso intensificar as relações sexuais e para isso é preciso que a parceira saiba calcular o seu ciclo para entender quando possivelmente estará ovulando para que cinco dias antes e cinco dias depois dessa suposta data seja o período de maior numero de relações sexuais.

Outro ponto de grande discussão: é preciso que as relações sejam diárias? O entendimento atual é que o melhor cenário seja dia sim dia não pois isso permite uma recuperação da qualidade do sêmen ou até um dia sim e dois não. Isso também é explicado pelo fato dos espermatozóides viverem dentro do trato reprodutor feminino por até 72 horas enquanto óvulo persiste por 48 horas; dessa forma sempre haverá material seminal dentro do útero/trompas apto a fertilizar o óvulo se for mantido esse padrão sexual.

É bom que nessa relação, logo após a ejaculação, a mulher fique deitada por um período mínimo de 30 minutos para otimizar a chegada os espermatozoides até a trompa. Além disso é fundamental que a mulher tenha feito uma bom pré natal para deixar o organismo preparado, além de obviamente estar sem uso de tabaco, álcool, antibioticos, corticóides e outras drogas que possam interferir no processo de gravidez.

Se mesmo com todos esses cuidados o casal não consegue engravidar após 12 meses, então vale a pena procurar ajuda médica especializada para avaliar ambos na busca pro problemas que possam estar atrapalhando o processo de gravidez.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *